A importância dos trânsitos planetários anuais

A Astrologia é um instrumento matemático que nos dá a oportunidade de observar a nós mesmos de uma maneira objetiva. Dentre os diversos benefícios do autoconhecimento, um deles é perceber e eliminar impulsos inconscientes que impedem nosso crescimento e impedem nosso melhor entendimento da vida. Este sistema astrológico de orientação é prático e possibilita resultados visíveis.

A meta é ter mais equilíbrio e harmonia e vivenciar uma transformação interior que se reflete exteriormente em todos os setores de nossa vida.

Ao conhecer o seu ciclo pessoal, você sabe quais são os momentos de maior possibilidade de sucesso na profissão e na vida pessoal, dentro do ano. Você sabe quais são os períodos de maior projeção e poder pessoal. Você também pode saber quando o físico e a mente estão mais vulneráveis e frágeis.

Observar o seu ciclo, sua bússola pessoal é reconhecer que há momentos para plantar, há momentos para colher, há momentos para agir e se expôr e há momentos em que a inação é a melhor opção.

Respeitando nossa bússola pessoal, nosso tempo pessoal, nós nos percebemos com objetividade, eliminamos padrões errôneos de comportamento, e assim, nós nos valorizamos e criamos uma realidade com mais equilíbrio e sucesso.

Para ler a sua bússola pessoal, é necessário fazer o mapeamento de seus ciclos pessoais, através de:
– Revolução Solar (com deslocamento)
– Trânsitos de planetas rápidos: Sol, Lua(*), Mercúrio, Vênus e Marte
– Trânsitos de planetas lentos: Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão.

Ao respeitar as indicações de ação e recuo apontadas pelos trânsitos, é possível sentir os benefícios deste sistema profundo de orientação e assim, decidir mais a seu favor e dos outros, acertar mais e errar menos, tendo como bússola seus trânsitos anuais.
Durante o ano, todos passamos por períodos de realizações, projeção pessoal, energia abundante, plenitude.
Há também os períodos de recolhimento, descanso, de economia de palavras, de economia de ações, que também têm sua utilidade e beleza.

(*)Na Astrologia, a Lua tem a mesma importância de um planeta, mas, para a astronomia, ela é considerada apenas um satélite.

MAIS SOBRE TRÂNSITOS PLANETÁRIOS ANUAIS
Os trânsitos planetários anuais de planetas rápidos e lentos, junto com a Revolução Solar, são duas ferramentas astrológicas que usamos como medidores de energia.
A necessidade da consulta de trânsitos é tanta quanto a da Revolução. Na verdade, os trânsitos são até mais importantes do que a Revolução Solar, no sentido de que, na Revolução Solar, você pode se deslocar de cidade, de continente e buscar novas possibilidades, criar novas realidades. Com os trânsitos, não há para onde viajar ou correr, eles estão no céu, não dá para tirá-los de lá. Eles vão acontecer, quer você faça a Revolução Solar (com deslocamento) ou não.
O que temos notado, no estudo desta abordagem astrológica, é que fazer a Revolução Solar nos auxilia, de algum modo, a passar por trânsitos tensos e desafiadores.
Há períodos onde apenas o descanso, os cuidados com a saúde e o lazer estão em pauta e não adianta perder tempo, se desgastando, tentando fazer contra: a natureza humana é assim.
É a forma de o Universo nos mostrar que somos e funcionamos como tudo que existe na natureza, nós somos parte dela e é preciso entender que tudo funciona de uma forma orgânica.

Não somos muito diferentes de uma árvore, que tem suas primaveras e verões, mas também tem seus outonos e invernos e vivemos estes ciclos de modo incessante durante nossa existência. Assim é o reflexo dos trânsitos planetários sobre o nosso céu de nascimento, os planetas orbitando em cima de nosso céu de nascimento, fazendo contato com os planetas de nosso nascimento.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *