Pequena mudança de hábito grande contribuição ao meio ambiente

Via Gilberto Scofield

http://oglobo.globo.com/rio20/pequena-mudanca-de-habito-grande-contribuicao-ao-meio-ambiente-4678201

Lava-louça

Preencha todos os espaços da sua lavadora de louça para economizar energia e não pré-enxágue os pratos antes de colocá-los. Faça as duas coisas e você economizará até 75 litros de água por lavagem, ou 28 mil litros por ano. É a quantidade de água que uma pessoa bebe ao longo de toda a vida. Se tiver que lavar louça manualmente, fecha a torneira enquanto esfrega.

Micro-ondas

Fornos de micro-ondas são entre 3,5 e 4,8 vezes mais eficientes no uso de energia que fornos elétricos tradicionais. Ou seja, se cozinhar algo no micro-ondas custa 10 centavos, custaria 48 centavos no forno tradicional. 

Sacos de lixo

Reaproveite sacolas de papel ou sacos plásticos para forrar suas latas de lixo. Você economizará dinheiro e perderá menos tempo no supermercado. O custo médio de 20 sacos de lixo de cozinha é de R$ 15. Quando uma tonelada de sacos plásticos é reutilizada, a energia equivalente a 11 barris de petróleo é economizada. Quando uma tonelada de sacolas de papel é reutilizada, 17 árvores são salvas.

 

Forno e fogão

Se você assar, grelhar ou cozinhar um prato que ficará no forno por uma hora ou mais, não se preocupe em preaquecer o forno. Mesmo para pães e bolos, jamais preaqueça por mais de dez minutos. Se você reduzir o tempo que seu forno fica ligado, fará uma boa economia. Outra dica é usar panelas com tamanho adequado para a boca do seu fogão.

 

Recicle

Se todos simplesmente separassem o papel, o plástico, o vidro e o alumínio e os jogassem numa lata de reciclagem, reduziríamos em 75% a quantidade de lixo mandada para lixões.

 

Geladeira

Tire a cabeça de dentro da geladeira e feche a porta! A geladeira é o eletrodoméstico que mais consome energia da cozinha, e o ato de abrir a porta representa uma boa parcela da conta de luz anual de uma família.

 

Compostagem

Guarde o resto de frutas, vegetais e pó de café numa lata de compostagem ou num pote. Tente jogá-los no jardim ou criar um centro de compostagem no quintal. Você vai ter um jardim melhor e um solo mais fértil, além de reciclar nutrientes e economizar espaço nos lixões e aterro sanitários.

Desperdício de comida

Quando cozinhar, tente evitar o desperdício usando os ingredientes perecíveis dentro do prazo de validade, medindo com cuidado as quantidades e guardando restos para refeições futuras, em vez de jogá-los fora. Se você conseguir reduzir a quantidade de comida desperdiçada na sua casa em 25g por dia (o pedo de uma fatia de pão de forma), economizará nove quilos de comida por ano – suficiente para 16 refeições. 

Filtros de água

Se você quer ter certeza de estar usando água limpa na sua casa, instale um filtro, em vez de comprar água engarrafada – você fará uma boa economia e ajudará a preservar o meio ambiente. Cerca de 1,5 milhão de toneladas de plástico são usadas no engarrafamento de 89 bilhões de litros de água a cada ano. É plástico suficiente para fazer dois filtros de água para cada lar no planeta. Um bilhão de pessoas ao redor do mundo não têm acesso à água limpa para beber.

Campanha “Xixi no Banho” concorre a prêmio

A campanha Xixi no Banho da ONG SOS Mata Atlântica deu tão certo, que está até concorrendo à 8ª edição do Deutsche Welle Blog Awards – The BOBs, um prêmio internacional de websites em 11 línguas. A campanha é candidata ao prêmio de “Melhor Campanha de Ativismo Social”. Lançada no ano de 2009, a campanha “Xixi no Banho” nasceu com a proposta de mostrar, de forma inusitada, que é possível economizar mais de quatro mil litros de água por ano apenas incentivando que as pessoas façam xixi durante o banho.

 

Empresa recolhe óleo usado

Cerca de 200 milhões de litros de óleo chegam por ano às estações de tratamento de água. Para se ter uma ideia, um litro de óleo é capaz de contaminar um milhão de litros de água. Quando o descarte ocorre na rede de esgotos, parte do óleo adere às paredes, absorve outras substâncias e reduz o diâmetro das tubulações, aumentando a pressão e os vazamentos. Mas já existem, em todo o país, empresas especializadas em reciclar esse óleo. No Rio, a mais atuante é a Disque Óleo, que recebe cerca de sete mil litros de óleo usado por dia. Esse óleo é peneirado, sofre um processo de decantação e é vendido para as indústrias de biodiesel e de sabão, entre outras. É fácil fazer a sua parte, basta ir guardando o óleo usado em garrafas PET. Quanto tiver três garrafas de dois litros cheias ou seis litros de óleo, é só ligar para o Disque Óleo que eles mandam alguém buscar na sua casa. Os telefones são 2260-3326 e 7827-9449. Também existe um posto de recolhimento de óleo de cozinha no Mercadão de Madureira.

 

Selo Procel evita desperdício de energia

Uma forma simples de economizar energia, além de apagar a luz quando for possível, é só usar produtos eletrônicos que tiverem o selo Procel. Uma comparação entre seis aparelhos que tenham o selo Procel contra outros seis que não têm esse selo pode representar uma economia de mais de R$ 800 por ano, sem contar os benefícios para o planeta. As maiores diferenças estão no uso de lâmpadas fluorescentes (R$ 250/ano), geladeira (R$ 141/ano), ar-condicionado (R$ 202/ano) e chuveiro elétrico (R$ 157/ano).

Aqueça menos o motor

Um carro ligado na garagem emite 20 vezes mais poluição do que um que anda a 50 km/h. Portanto, reduza limite o tempo de aquecimento do motor do seu veículo.

Pão de cada dia

Se possível, compre o pão fresco da padaria ao invés de um industrializado. O saco de papel que embala o produto pode ser reciclado, e você pode economizar a energia para congelá-lo ou mantê-lo na geladeira.

Temporada ideal

Viaje nos períodos de baixa temporada. Além de reduzir os custos em até 40% e evitar multidões, a emissão de gás carbônico também diminui, já que há menos engarrafamentos.

No ouvido

Evite usar fones de ouvido sem fio (wireless) conectados ao seu celular, pois gastam muito a bateria. Esse tipo de pilha contém mercúrio, chumbo e zinco que, se descartados de maneira incorreta, polui o ar e a água. Ao jogar a bateria fora, leve-a a um descarte de lixo tóxico.

Decoração do piso

Ao escolher tapetes, dê preferência aos feitos de material reciclado. Assim, economiza-se energia gasta na produção de tapetes de fibra sintética, além de reduzir as emissões tóxicas.

Velhos livros

Compre livros de segunda mão ou frequente bibliotecas. Empreste os que você já tem e doe os que não quer mais. Todos os anos, cerca de três bilhões de livros novos são vendidos, provocando a derrubada de 400 mil árvores.

Almoço menos sujo

Na hora de comer fora, use menos guardanapos. Se você usar um a menos por dia, 150 milhões de unidades serão economizadas.

Pagamento sem papel

Ao invés de usar o cheque para pagar uma compra, use o cartão. Pagamentos eletrônicos poupam US$ 4 bilhões só em custo de papel.

Viagem leve

Quando for viajar de avião, leve menos peso na mala. Cada 4 kg de bagagem por passageiro consomem 1,3 bilhão de litros de combustível a mais por ano. Com esse volume, um avião 747 poderia voar por dez anos, sem parar.

 

A caminho do surfe

Ao procurar as melhores ondas, evite dirigir seu carro nas dunas. Procure caminhos já abertos ou pavimentados para economizar gasolina, proteger habitats costeiros e evitar a erosão do solo.

 

Um dia sem carne

Ficar um dia na semana sem comer carne é o mote da campanha difundida por Paul McCartney, o movimento “Meat Free Monday”. Abrir do bom e velho bife pode ser uma boa contribuição ao meio ambiente, segundo dados da ONU, 18% das emissões de gases de efeito estufa são provenientes da carne. São necessários 3,5 kg de cereais para produzir apenas meio quilo de carne. Tudo isso sem contar com os galões e galões de água que um boi consome.

Atenção ao tempo do banho

Reduzir em cinco minutos do tempo de uso do chuveiro pode levar a economia de 48 litros de água por banho.

Economize energia

Em vídeo, Idec mostra como tornar o consumo de energia elétrica de sua casa mais eficiente

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio20/pequena-mudanca-de-habito-grande-contribuicao-ao-meio-ambiente-4678201#ixzz1uCRF2I3w 
© 1996 – 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *