“Os eventos não acontecem a nós, nós acontecemos a eles” (Dane Rudhyar)

“Eu tenho afirmado que os eventos não acontecem a nós, nós acontecemos a eles. Um indivíduo caminha – ou deriva ao longo de caminhos sociais coletivamente determinados – em direção ao futuro. Ele encontra o vasto espetáculo universal de ação e reação. Ele encontra o mundo; o mundo não se dá ao incômodo de ir ao encontro dele. Se um tijolo cai sobre a cabeça de um homem enquanto ele caminha por uma rua, isso é de sua responsabilidade. Ele penetrou na área de queda do tijolo. Ele aconteceu para o tijolo, porque é um indivíduo consciente, e o tijolo é apenas um pedaço da natureza universal. O homem acontece para a natureza. Usa as forças da natureza; a responsabilidade pelos resultados é sua. A natureza é indiferente. Ela simplesmente age e reage. Ela tem poderes; melhor ainda, ela é poder. Como certa vez escreveu um sábio homem: “Todos os poderes da natureza estão aí. Aposse-se deles”… mas se você se apossa deles, os resultados são de sua responsabilidade. E, caso não se apodere deles, ao chegar a hora da sua maturidade espiritual, isso também é responsabilidade sua.”

(extraído de A prática da astrologia como técnica de compreensão humana, de Dane Rudhyar, Ed. Pensamento, 1968, tradução de Maio Miranda)

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *