incredible images of our sun

Science-fact
Like This Page · 17 February

Many incredible images of our sun have been released to date. Most of which, came from professional space organizations like NASA or ESO. This particular one is different, as it was captured by an amateur astrophotographer using nothing but a telescope, a webcam and some special filters.

The photographer Alan Friedman, who lives in Buffalo New York, took advantage of a hydrogen alpha filter, which primarily blocks most light out but a small, narrow slice of deep red on the longest wavelengths on the electromagnetic spectrum.

On the topic of the challenges of astrophotography, Friedman said; “Our atmosphere is a formidable obstacle to capturing sharp photos of a distant object. Streaming many frames in a short period of time allows me to temper the blurring effects of air turbulence. Each photo is made from many thousands of frames. Most frames are unusable, distorted by the heat currents rising from rooftops and asphalt driveways. But a few will be sharp. I review the video frame by frame for these moments of “good seeing.” The high quality frames are selected and then averaged to form the raw material for my photographs.”

You can see more of his images of the sun here:
http://www.visualnews.com/2013/02/15/mind-blowing-hd-photographs-of-the-sun/

He has many more wonderful examples of astrophotography on his website too:
http://www.avertedimagination.com/

Kaiowá de 15 anos é morto com tiro na cabeça

Follow · 11 hours ago 

 
 

 

Kaiowá de 15 anos é morto com tiro na cabeça

Por Ruy Sposati, para o Cimi*

O Kaiowá Denilson Barbosa, de 15 anos, morador da aldeia Tey’ikue, foi encontrado morto no domingo, 17, no município de Caarapó (MS), em uma estrada vicinal a sete quilômetros do perímetro urbano da cidade, com um tiro na cabeça. Segundo relatos de testemunhas, Denilson e outros dois indígenas estavam indo pescar no sábado, 16, quando foram abordados por três pistoleiros ligados ao proprietário e arrendatário de uma fazenda vizinha à Reserva de Caarapó.
Os indígenas correram dos homens armados, mas Denilson acabou apreendido pelos pistoleiros e assassinado – segundo as testemunhas, além do tiro confirmado pela perícia criminal da Polícia Civil de Caarapó, o jovem Kaiowá levou mais um tiro na cabeça e outro no pescoço. Por questões de segurança, os nomes das testemunhas serão omitidos nesta reportagem.

Revoltados, familiares e moradores da aldeia enterraram o corpo de Denilson na fazenda onde ocorreu o assassinato, arrendada para a criação de gado e o monocultivo de soja. A comunidade também planeja realizar uma série de protestos para denunciar a ação violenta. Conforme o relato dos indígenas sobreviventes e as características da morte, os indícios apontam para execução.
Denilson, uma criança de 11 anos e outro indígena saíram no final de sábado para pescar no córrego Mbope’i, cuja nascente fica dentro da Reserva, e que cruza fazendas do entorno da terra indígena. Quando se aproximaram de um criadouro de peixes, foram abordados por três homens armados. Os sobreviventes identificam os três indivíduos – entre eles, um paraguaio – como ‘funcionários’ de um arrendatário da fazenda.
Os três homens atiraram contra os indígenas, que saíram em fuga do local. Dois deles conseguiram se esconder. Denilson caiu e ficou preso no arame farpado de uma cerca. Os três homens, então, o pegaram e passaram a desferir coronhadas na cabeça e no estômago do Kaiowá, mandando que ele se levantasse. Segundo os sobreviventes, quando se pôs de pé, Denilson foi alvejado com três tiros: dois na cabeça e um no pescoço.
FAZENDA EVACUADA

Os dois sobreviventes, ainda escondidos, viram, na sequência, os homens colocarem o corpo de Denilson na caçamba de uma caminhonete. Após a saída do veículo, os indígenas voltaram à aldeia para relatar o ocorrido à família. Impactado pela notícia, o pai de Denilson decidiu ir até a fazenda procurar o filho. Ao chegar ao local, conforme relatou, o pai do jovem assassinado não encontrou ninguém. A fazenda fora evacuada.
O corpo de Denilson foi encontrado por um caminhoneiro – segundo os indígenas, também funcionário de outra fazenda da região – que circulava pela vicinal, próxima à reserva, por volta das 5 da manhã de domingo, 17. Os indígenas acreditam que, após o assassinato, os pistoleiros desovaram o corpo de Denilson em uma estrada longe da fazenda, num entroncamento conhecido como “Pé de Galinha”.
Segundo a perícia criminal da Polícia Civil, Denilson foi encontrado com um tiro abaixo do ouvido. O laudo cadavérico do Instituto Médico Legal (IML), contudo, ainda não foi concluído. A Polícia já iniciou as investigações, mas não quis dar detalhes sobre o caso.
Segundo relatos, essa não foi a primeira vez que jagunços ligados ao fazendeiro atiraram contra os indígenas. Também, o problema da pesca é recorrente entre os Guarani e Kaiowá da reserva de Caarapó, onde vivem confinadas aproximadamente cinco mil pessoas em 3594 hectares de terra. Desde a criação do território indígena pelo Serviço de Proteção ao Índio (SPI), em 1924, os indígenas precisam pescar fora da área reservada, onde só há nascentes de córregos, mas não há peixes, sofrendo pressões e ataques de fazendeiros.
As reservas são áreas de confinamento criado pelo SPI durante o processo de espoliação dos Guarani e Kaiowá em decorrência da colonização do então Estado do Mato Grosso. O confinamento é apontado por especialistas como uma das principais causas dos suicídios e, consequentemente, da luta pela terra de ocupação tradicional travada pelos indígenas desde o início da segunda metade do século XX.

URDHVA DHANURASANA – (Postura do Arco)

Like This Page · 22 hours ago 

 
 

 

URDHVA DHANURASANA – (Postura do Arco)
Esta extraordinária flexão para trás envolve todos os músculos do corpo. Ela abre intensamente a parte frontal do corpo, ao mesmo tempo em que alonga o máximo a coluna. Para entrar nela é preciso que se tenha muita flexibilidade nos ombros e, uma vez nela, muita força nos braços para sustentá-la.

EFEITOS TERAPÊUTICOS > 
° Previne o endurecimentos das astérias do coração e garante uma boa circulação do sangue por todo o corpo.
° Tonifica a coluna. 
° Fortalece os órgãos abdominais pélvicos. 
° Estimula a hipófise, a tireoide e a glândula pineal.
° Previne o prolapso uterino. 
° Ajuda a prevenir o fluxo menstrual excessivo e ameniza as cólicas menstruais.

AÇÃO PROFUNDA > 
° Exerce um poderoso efeito contra a depressão, o desânimo e a fraqueza mental. 
° Estimula a força de vontade e determinação. 
° Pela poderosa ação sobre o chacra Manipura (cardíaco), tem o poder de queimar as raízes da raiva, aliviando as emoções negativas e gerando a disposição mental.
° Desperta Tapas (auto-esforço).